sábado, 25 de outubro de 2008

A peça "Eliana"


Conheci Eliana na sala de espera para embarque do aeroporto de Milão.

Ela era uma auto executiva de uma multi nacional,e,como eu estava de passagem pela europa.

Quem pratica o bondage sabe sobre o que estou falando.

Voce consegue conduzir a coversa,de forma a saber se a outra pessoa é uma adepta ou não.

Eliana simpatizava com a pratica do bondage.

Mediante isso,marcamos de nos encotrar-mos novamente no Brasil,em minha casa de campo.

Sexta feira ,noite chuvosa,jantar,luz de velas...

Por volta das onze da noite,eu a levei ao porão da casa.

Acendi a lareira,ela me esperava de pé,com uma taça de vinho na mão...

Eu me aproximei,beijei-a calorosamente.

-O que queres que eu faça,meu senhor?- perguntou ela-

-Quero que tire sua roupa,e coloque isso!

Disse,entregando-lhe um par de sandálias salto 15,com tiras compridas para amarrar nas pernas,e uma meia calça preta.

Ela os colocou.

Eu a levei ate uma cadeira de encosto baixo.

Amarrei seus pulsos ás costas,seus cotuvelos unidos,passando a corda pela frente do corpo,de forma amarrar seus seios,prendendo seus braços fortemente ao corpo.

Beijei sua boca com ardor,enfiei uma esponja de banho nela,usando um pedaço de sarja como mordaça,apertando bem.

Ajudei-a a enclinar-se sobre o encosto da cadeira,ate que os seus seios encostassem no acento da cadeira.

Coloquei uma coleira em seu pescoço,passando uma corda pela argola da coleira,amarrando a outra extremidade ao contraforte da cadeira.

Fui para traz da cadeira,amarrei cada um de seus tornozelos a uma perna da cadeira,obrigando-a a ficar com as pernas afastadas.

Minha peça estava pronta!

Minha missão;romper a meia calça,para poder penetrar Eliana!

Mas,isso,eu deveria fazer com os dentes!

Antes de começar a minha aventura pelas partes baixas de Eliana,resolvi brincar um pouco com ela.

Um cubo de gelo e dois prendedores de papel de plástico,dos grandes,com a mola forte,iriam me ajudar.

Passei o gelo em seus mamilos.Eliana gemeu,um gemido longo!

Em seguida,coloquei um dos prendedores em um dos mamilos!

Um novo gemido!

-Vou tentar romper sua meia calça,para penetra-la!Se eu não conseguir,como punição,colocarei o outro prendedor!

Eliana gemeu,fez não com a cabeça.

Eu me coloquei de joelhos atraz dela,segurei em suas coxas,enfiei meu rosto entre suas pernas,e comecei a chupar sua vagina com força,tentando puxar o tecido da meia calça.

Ela gemia,se contorcia.

Eu chupava,mordia,tentado segurar o tecido.

Eliana sacudia o seu corpo,rebolando em minha cara.

Após varios minutos tentando,sem conseguir romper o tecido,eu me levantei,fui ate a mesa,peguei um cinto,e voltei.

-Menina má!Como punição,vai levar uma surra de cinto!!

Disse isso,e comecei a surrar suas nádegas e suas coxas com o cinto.

Ela sacudia o seu corpo,gemendo,implorando.

Fui ate a frente da cadeira,coloquei o outro prendedor em outro mamilo.

Ela gemeu,gemeu muito!!

O peso do corpo sobre o acento da cadeira,fazia com que a dor provocada pelos prendedores fosse maior!

Dor,angustia,desespero!!

Voltei a ficar de joelhos.Comecei a chupar sua vagina novamente,com força,mordendo o tecido!!

Ela gemia,se contorcia.

Eliana não se conteve e gozou!

Como punição,surrei-lhe novamente com o cinto.

Voltei a ficar de joelhos,chupando e mordendo,ate que,consegui furar o tecido da meia calça.

Com a ajuda dos dedos,rasguei a meia.Fiquei de pé,penetrei a vagina de Eliana,com força.

Eu a penetrei com força,segurando em suas ancas.

Apertei suas nádegas com as mãos,alisava suas coxas,e socava,socava com força!

Eliana se recompos,senti que ela iria gozar novamente!

Eliana gozou,e eu tambem!

Eu a soltei,levei-a em meus braços para o banheiro no andar de cima.

Preparei um banho quente com sais e pétalas de rosas.

Banhei-a,levei-a ao quarto,onde a sequei como a um bebê.

deitei-me ao seu lado.Fizemos amor ate o amanhecer.

Iria demorar,ate que eu visse novamente a peça Eliana...

Um comentário:

Afrodite disse...

Parabens Senhor , um belo conto

bjsss afrodite